Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Resposta do Rio

Essa semana li que Niterói foi eleita por um site gringo como a cidade do mundo com mais mulheres bonitas. Vou confessar: como carioca e apaixonado pela espécie, senti-me um pouco enciumado. Como assim, Niterói desbancando o Rio? Como uma cidade que chama “joelho” de “italiano” pode desfrutar de tamanha honraria?

 

Depois contemporizei: o que afinal esses americanos entendem de mulher? Que importa se de lá saíram várias top models internacionais? A beleza da carioca vai muito além das passarelas!

 

Só quando recobrei a razão, notei que estava sendo vítima do meu próprio bairrismo. A verdade é que nós, cariocas, temos certa má vontade com nossa irmã mais nova fluminense. Não é uma coisa declarada, como é o caso com São Paulo – nossa arquirrival de concreto e cinza. Carioca não leva Niterói muito a sério relegando-a um status de “café com leite”. É quase um distrito do Rio de Janeiro, ou um bairro grande, que fica do outro lado da Baía. Sinônimo de longe, de ponte, de barcas. Chateação. Onde já se viu, Niterói tem a ousadia de existir nas insondáveis terras do outro lado da poça!

 

Mas venhamos e convenhamos: não é fácil “ser Niterói”, assim, do ladinho do Rio. Deve ser como, sei lá, ser a irmã mais nova da Gisele Bündchen. As comparações são inevitáveis! Como fazer frente à Ipanema, Copacabana e outras unanimidades internacionais? Tamanha é a megalomania do Rio, que além do Corcovado, ainda tem o Pão de Açúcar! Pobre Niterói! Tão longe da Região dos Lagos e tão perto do Rio de Janeiro.

 

Que injustiça minha com a Cidade Sorriso! Lembrei que das vezes que caminhei pelas Terras de Arariboia também fiquei impressionado com a beleza das nativas. Com seus prédios de Niemeyer e suas praias aconchegantes, Niterói tem toda uma graça própria. Descer da barca vindo do barulhento e (adoravelmente) caótico Rio de Janeiro é sempre uma experiência. Pode ser que algum ar afrancesado, um clima de província sofisticada, tenha sobrevivido à França Antártica. Não sei ao certo. Preciso de mais expedições para formar uma opinião sólida. Mas caminhar pela orla de Niterói é, quase sempre, um spa para alma.

 

Preciso reconhecer: as niteroienses tem mesmo um charme! Talvez seja o ar de mulher meio séria, mas delicada, o mesmo que deixa tão atraente as secretárias, médicas e executivas. Um sério leve. As mulheres de Niterói tem a austeridade das belo-horizontinas, mas com a graça das cariocas. E tem o sotaque. Que indecência é o sotaque das mineiras! Uma vez li que o sotaque mineiro deveria ser ilegal, imoral ou engordar. Concordo completamente. E Niterói tem essa coisa: tão perto do Rio, mas com um falar próprio, distinguível apenas aos ouvidos mais atentos. Não chega a ser um sotaque. É mais um jeitinho “assim, assim”. Menos chiado, com menos gírias.

 

Tá aí, se Belo Horizonte tivesse mar, seria Niterói. Até o nome é sugestivo. Afinal, existe no mundo horizonte mais belo que o de Niterói?

 

Vista do Rio da Orla de Niterói

3 comentários:

Lilianny Silva disse...

É nessas horas que a gente tem de dizer: mas é TUDO Rio de Janeiro! se é do Estado, o título nos cabe também. Como todo cidadão do lado de cá da poça eu sempre faço a velha piadinha que o melhor de Niterói é a vista privilegiada pro Rio, além de ter o lado menos sujo da Baía, mas a piada para aí.
Não conheço muito Niterói, mas todas as poucas lembranças que tenho de lá são agradáveis. A sensação de estar em uma outra cidade, num clima totalmente diferente do Rio (tirando o caos do trânsito que é pior ou semelhante) em poucos minutos é mesmo mágica.
Recentemente numa conversa eu comentava como o Rio de Janeiro é um estado tão incrivelmente completo, como poucas cidades do mundo. Temos praias lindas, cachoeiras, florestas,parques, arquitetura moderna e antiga, temos a região serrana pra quando não aguentamos mais o calor e queremos tomar um bom café, vai, é muito privilégio. Uma amiga de Fortaleza, onde sempre é verão, quando veio pra cá disse que teve o privilégio de presenciar as 4 estações em 5 dias e ela achou iacreditável ter ido à praia no dia anterior e subir o alto da boa vista no dia seguinte e ver aquele lindo nevoeiro prenunciando aquela chuva agradável de outono. Somos privilegiados, morram de inveja todos os que não moram aqui. Dito isso, fiz um projeto de conhecer melhor todos os (bons) buracos desse estado abençoado. E Niterói é meu ponto de partida.

Vitor Bornéo disse...

Verdade absoluta! Nosso estado é realmente muito completo. To até pensando em aproveitar esse problema com os royalties do petróleo e começar uma campanha pela emancipação do Estado do Rio de Janeiro do resto da União. hauhauahuahaua... Poderíamos formar, sei lá... a Federação Fluminense.

Mas então, brincadeiras a parte, concordo em gênero, número e declinação latina. Niterói é uma cidade linda. Nossa cidade irmã. Tenho um carinho muito especial por ela, assim como teria por qualquer irmã. :-)

Aline andrade dos santos de jesus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

  ©Composto Substantivo - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo